Casa / ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Estoques no Hemominas diminuem devido Febre Amarela
prédio Hemominas JF (Foto: Jéssica Pereira)

Estoques no Hemominas diminuem devido Febre Amarela

A Fundação Hemominas de Juiz de Fora convoca os cidadãos para a doação de sangue, pois devido o aumento no número de casos de febre amarela confirmadas no estado de Minas Gerais traz preocupação.

Os estoques estão abaixo do necessário e a entidade está precisando de doadores de plaquetas de sangue. “Os casos da doença levaram várias pessoas para os hospitais e esses pacientes estão utilizando esse componente do sangue”, diz a integrante do setor de Captação de Doadores da unidade em Juiz de Fora, Deborah Carvalho.

Segundo Deborah, a doação das plaquetas pode ser feita pela doação normal de sangue ou por um procedimento especial.

Imagem: Internet

“O processo é feito através de uma máquina que colhe somente as plaquetas e devolve ao doador o restante do sangue. Ele precisa aguardar em torno de uma hora, e o processo é repetido de seis a oito vezes. Por isso que a doação só acontece mediante a um agendamento prévio. O procedimento é tranquilo, seguro e todo material é descartável”, reforça ela, acrescentando que uma doação fornece de seis a oitos componentes. “É mais fácil do que retirar de oito doadores diferentes”.

Tão importante como a doação de plaqueta é a de sangue. “Geralmente, o paciente, por não ter bom acesso venoso, pensa que sua doação não é necessária. Mas a ação é de grande valia, pois com a doação de sangue conseguimos retirar uma unidade da plaqueta”, explica Deborah.

Apesar de o assunto ser a febre amarela, quem se vacinou recentemente contra a doença tem restrição para doar. “As pessoas precisam esperar trinta dias após a imunização para poder doar”, diz Deborah. Quem contraiu a doença, não pode doar por quatro meses.

COMO SER UM DOADOR

Para se tornar doador, o voluntário precisa ter mais que 50Kg, não ter contraído hepatite após os 11 anos de idade, apresentar documento de identidade com foto, além de passar por avaliação médica.

A faixa etária é de 16 a 69 anos, sendo que entre 16 e 18, o doador deverá estar acompanhado de um responsável ou ter autorização oficial.

Entre 60 e 69 anos, somente a pessoa que já tiver doado anteriormente pode doar. No caso das plaquetas, o doador precisa ser do sexo masculino, ter bom acesso venoso, e ter feito alguma doação nos últimos 36 meses.

O agendamento no setor de captação pode ser realizado pelos telefones (32) 3257-3171 ou (32) 3257-3172.

Fonte: Diário Regional

Sobre Márcio Sabones

Márcio Sabones
Jornalista formado pela UFJF, ator, diretor de teatro. Por dois anos foi o âncora/apresentador do Alterosa em Alerta da TV Alterosa JF. Atualmente também assina matérias no Jornal Voz de S. João.

Além disso, verifique

Greve dos Professores da Rede Estadual.

Os Professores da Rede Estadual em Minas Gerais não suportam mais tanto descaso e resolveram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *