Shopping cart

Magazines cover a wide array subjects, including but not limited to fashion, lifestyle, health, politics, business, Entertainment, sports, science,

Últimas Notícias

Bolsonaro dá início à campanha eleitoral em Juiz de Fora

Email :449

Presidente desembarcou no Aeroporto da Serrinha na manhã desta terça (16). Candidato à reeleição cumpre agenda no município onde sofreu atentado durante ato de campanha em 2018.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) chegou nesta terça-feira (16) a Juiz de Fora (MG) para o lançamento da campanha à reeleição.

O candidato do PL desembarcou por volta das 10h no Aeroporto da Serrinha, onde participou de um culto com pastores evangélicos e discursou para apoiadores.

No discurso, transmitido em uma rede social do presidente, Bolsonaro disse que o governo “não errou” durante a pandemia da Covid-19, que matou mais de 681 mil pessoas no Brasil.

A condução da crise sanitária pelo governo foi alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado, que atribuiu 9 crimes a Bolsonaro. A CPI da Covid pediu o indiciamento de Bolsonaro pelos supostos crimes de epidemia com resultado morte, infração de medida sanitária preventiva, charlatanismo e incitação ao crime, entre outros.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) já pediu o arquivamento de sete das dez apurações preliminares sobre Bolsonaro abertas a partir das conclusões da CPI da Covid.

Bolsonaro estava acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro; do general Braga Netto, candidato a vice, na chapa que encabeça; e do senador Carlos Viana, candidato do PL ao governo de Minas Gerais.

Congressistas mineiros e o senador Flavio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidenciável, também acompanham Bolsonaro na agenda em Juiz de Fora.

No mês passado, Bolsonaro visitou a cidade mineira pela primeira vez desde que levou a facada durante a campanha eleitoral de 2018.

Atentado

 

Imagem de arquivo mostra Jair Bolsonaro após ser esfaqueado durante uma campanha em Juiz de Fora, foto de arquivo  — Foto: Raysa Leite/AFP

Imagem de arquivo mostra Jair Bolsonaro após ser esfaqueado durante uma campanha em Juiz de Fora, foto de arquivo — Foto: Raysa Leite/AFP

atentado ocorreu em 6 de setembro de 2018, quando Jair Bolsonaro fazia campanha de rua como candidato a presidente da República e participava de um ato no Centro de Juiz de Fora.

Autor do ataque, Adélio Bispo foi preso no mesmo dia e, segundo a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), confessou ter sido o autor da facada – ele está detido até hoje. A Polícia Federal (PF) concluiu em dois inquéritos que ele agiu sozinho no crime.

Leia também:

Em laudo divulgado em 2019, Adélio foi diagnosticado com transtorno delirante permanente, o que não permite a punição criminal. O homem foi considerado inimputável e segue em internação.

Nova perícia

Uma nova perícia médica de Adélio Bispo foi realizada no dia 25 de julho. A avaliação dos peritos da Justiça Federal deverá determinar sobre condição clínica e se deve haver a cessação ou permanência da internação – o que pode resultar na liberdade dele. O resultado precisa sair até o próximo dia 15 de setembro.

Fonte: G1

img

Fernando Motta atua no jornalismo desde 2006 onde foi Sócio Proprietário do Portal SJ Online, Locutor e Entrevistador da Rádio Transamérica por cinco anos e apresentador de Programa de Entrevistas da Rádio Difusora SJN por dois anos.

Comments are closed

Related Posts

error
YouTube
LinkedIn
WhatsApp